Seguir por email

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

O estranho caso ENSITEL - Maria João Nogueira

Ao que parece a ENSITEL está debaixo de fogo por processo movido a cliente, pelo menos tal assim é anunciado no desportivo jornal A BOLA. Os comentários estão a ser replicados nas redes sociais como o TWITTER ou o FACEBOOK.

Resumidamente em causa está um processo que envolve a Ensitel e Maria João Nogueira, autora do blogue JonasNuts, onde em Fevereiro de 2009 publicou textos sobre um telemóvel avariado adquirido numa das lojas da empresa e das peripécias por que passou quando se viu na necessidade de o trocar.

No jornal diário O PUBLICO é relatado que "Empresa enfrenta chuva de críticas por intimar ex-cliente a apagar textos de blogue". E pode ler-se "... intimou judicialmente uma ex-cliente a apagar textos do seu blogue pessoal, que criticavam a actuação da empresa. O resultado foi uma avalancha de críticas na blogosfera, no Twitter, Facebook, YouTube e outras redes sociais."

Ainda no EXPRESSO pode ler-se que "Ensitel enxovalhada nas redes sociais" e pode ainda ler-se "A Ensitel tentou calar uma cliente insatisfeita mas, como diria a expressão popular, o feitiço acabou por se virar contra o feiticeiro. Depois de os advogados da empresa de telecomunicações terem intimado Maria João Nogueira a apagar do seu blogue pessoal os textos com queixas contra a marca, a Ensitel vê-se agora inundada via Facebook e Twitter de comentários de clientes indignados pela situação, que dizem ser "um atentado à liberdade de expressão"."
 

fontes:
http://lpm.blogs.sapo.pt/655987.html

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Já vejo luz ao fundo do túnel

Consumo público e importações afundam - Depois do salto exponencial explicado pela compra do submarino "Tridente", o ritmo de crescimento do consumo público e das importações desceu a pique no terceiro trimestre. Boas notícias para o défice orçamental e para o défice externo, ajudadas pela dinâmica das exportações, que está no melhor nível de há três anos e meio.
Vamos manter o ritmo ?

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Revista CARAS e VODAFONE oferecem iPhone


Revista CARAS e VODAFONE oferecem iPhone

Vodafone, Caras e Apple - fraude de oferta de iPhone4G

Recebi uma mensagem de correio electrónico proveniente de caras.vodafone@gmail.com cujo conteúdo era unicamente a imagem acima.

A partir desse momento eu e os restantes destinatários ficaram com o endereço de email exposto ao SPAM.

Mas esta campanha também circula no Brasil:
http://www.blogdoiphone.com/2009/04/cuidado-email-falso-usa-iphone-para-dar-golpe/

Acontece que não há campanha alguma da Caras, da Vodafone ou da Apple, tal como não já existe campanha de recolha das cápsulas da Nespresso com vista a construir a árvore de Natal do IPO - essa campanha apenas aconteceu em 2008, porém o email continua a circular até hoje. Contactei inclusivamente o promotor do evento em 2008, Pedro Bello, bello.pedro@hotmail.com, telemovel: +351 916852874 e este confirma que o evento apenas ocorreu em 2008. 

Mais em: http://sites.google.com/site/educacaopelapaz/novidades36

Leia a mensagem de Pedro Bello recebida por email em 27-09-2010:

"Lamento, mas a campanha de recolha das cápsulas de café foi em 2008. Pode ler o recente livro, "Mitos Urbanos - Boatos", onde entre outros se fala deste email (p.170), falso, posto a circular em 2009 com base numa Campanha que decorreu no ano anterior. Obrigado na mesma por querer colaborar.
Abraço
Pedro Bello"


Felizmente as cápsulas Nespresso podem continuar a ser recolhidas a fim de serem recicladas. Actualmente, a Nespresso tem em Portugal 124 pontos de recolha de cápsulas, dos quais 5 nas Boutiques Nespresso equipadas com um Recycling Corner e os restantes nos Pontos de Venda Parceiros.
http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1371168&seccao=Biosfera

Não existe a Anna Swelung da Ericsson que distribui telemóveis gratuitamente nem laptops como recentemente explicado na pagina oficial da Ericsson:
http://www.ericsson.com/br/ericsson/email_falso/index.shtml. Esta funcionária, bem como a suposta promoção não existem.
Estes não são mais do que truques para obter milhares de endereços de email, os quais vão depois ser vendidos em listas para empresas de publicidade e spammers. É aproveitarem-se da ignorância e ingenuidade da maioria dos utilizadores da internet para ganhar dinheiro à custa de uma das maiores pragas do nosso século.

A parte engenhosa é que ao "requerer" endereços válidos, o spammer faz com que as suas vítimas exponham os endereços das vitimas para quem enviam esta mensagem, aumentando assim o rol de endereços de email para juntar às suas listas.

Ao enviar mensagens para vários destinatários, devem respeitar a privacidade e proteger os seus endereços através do BCC ou CCO.

Consulte as Boas Práticas no Uso do Correio Electrónico
http://campusvirtual.ipsantarem.pt/eMail/Segurança/tabid/111/Default.aspx

Portanto lamento informar que ninguém vai receber o iPhone 4. Em compensação, vamos todos passar a receber muito mais spam e emails com publicidade indesejada, vindos de pessoas que não conhecemos.

Emails falsos percorrem a internet... crianças verdadeiras andam na boca do mundo quando os seus próprios pais desconhecem os negócios que estão por trás... por favor não reencaminhem esses emails e leiam a notícia...
http://projectobebemais.blogs.sapo.pt/33711.html
http://www.melodiaweb.com/Sessao.aspx?cod=1672


Conselhos contra emails falsos:
1 - Desconfie de ofertas generosas
2 - Desconfie do endereço
3 - Não clique em links cujo final termina em .exe
4 - emails falsos mais comuns
5 - O remetente pode ser falso
6 - Assuntos atuais
7 - Se pedir download, esqueça
8 - Se tiver dúvidas, pergunte
9 - Repare nos erros
10 - Parece de verdade

mais informação:
http://www.infowester.com/dicasmailsfalsos.php

Alerta Emails fraudulentos em nome da PSP, TMN e Vodafone (Outubro de 2010)
http://www.cgd.pt/Seguranca/Phishing/Pages/Alerta-Phishing-Outubro.aspx

Emails falsos em nome da DGCI em circulação
http://noticias.portugalmail.pt/artigo/20100506/emails-falsos-em-nome-da-dgci-em-circulacao

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

O ministro da Economia alemão acredita que Portugal e Espanha conseguirão resolver os seus problemas sem ajuda externa.
 
Rainer Bruederle afirmou há dias, antes da reunião de política monetária do BCE, que existem boas possibilidades de Portugal e Espanha não serem obrigados a recorrer ao Fundo Europeu de Estabilização Financeira.

Entende-se bem esta posiçao, pois o desejavel é que o efeito domino nao aconteca. 

O ministro alemão considerou ainda que o tamanho do fundo de resgate europeu é suficiente, antevendo que no melhor cenário a Irlanda não irá precisar de um único cêntimo da Alemanha.
 
Rainer Bruederle disse ainda que a especulação de regresso às divisas nacionais por parte de países da zona euro "não é realista". Se tal acontecesse a economia europeia ficaria mais fraca.
 
Sobre os rumores de que o BCE vai anunciar um reforço da compra de obrigações dos países com mais dificuldades, o ministro alertou que injectar demasiado dinheiro nas economias pode criar novas bolhas especulativas.
 
Nesse sentido, o governante do Executivo de Angela Merkel considerou que as medidas de estímulo orçamental lançadas pela Reserva Federal (Fed) dos Estados Unidos poderão ser excessivas, pois os EUA ja comecaram a tomar medidas preventivas contra novos embates da crise financeira.