Seguir por email

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

poema "Sei que perdeste um pouco de mim" por João Pires


Sei que perdeste um pouco de mim
Para o outro lado da rua
Desejaste voar como um chapim
Mostraste a natureza humana


Sei que perdi um pouco de ti
Na estrada e dentro da carripana
Na face oculta do teu desejo
Voar mais alto como quem ama


Um abraço como água no deserto
No vasto reino perdido dos afectos
Era tudo o que procuraste


Olhar em chama de vela acesa
Que um certo dia se extinguirá
Dentro do teu diário sentimental


20-08-2018
João Pires

Autor do livro AMAR EM BAGOS DOURO