Seguir por email

sábado, 4 de março de 2017

tinta permanente - João Pires - "Reencontro-me no calor do teu abraço"

Reencontro-me no calor do teu abraço


Quero ficar nos teus braços
Ouvir o teu suspiro
Sentir a tua respiração
Beijos de carinho
Abraços de flores vermelhas
Caminhos que se cruzam num abraço
O calor do teu peito num enlace
Dançar ao som da música deslizante
E ver nascer o teu sorriso azul
Voar até ao oceano Atlântico
Subir ao Pico do Mundo
A troco de um amor a florescer
Subir, subir até ao Pico, lá em cima
Céu azul, nuvens de algodão
E o mar a toda a volta
Damos as mãos e celebramos a vida
Reencontro-me no teu abraço
No calor do teu regaço
No coração do teu sorriso
Na magia do teu enlace sentido
E a poesia da vida chega sem avisar
Gosto de apertar o teu regaço contra o meu peito
E sentir o teu coração junto de mim


João Pires

1 Março 2017