Seguir por email

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

tinta permanente - João Pires - "Dá-me o teu sorriso"

Dá-me o teu sorriso - poesia

Dá-me o teu sorriso
Ilumino-te o coração
Vestidos de princesa
Mas é o sorriso
A minha perdição
Enche a alma
Dá-me o teu sorriso
E dedico-te a minha poesia
És alegria e simpatia
Mas é o teu sorriso que me enche de emoção
Aqui vai um chi-coração
Estende a tua mão
Quero um abraço
Ofereço-te um beijo no regaço
És alento com o teu sorriso
Alegria com um movimento de lábios
Princesa formosa
És fada da alegria
Abriste o meu coração com um sorriso
Dá-me o teu sorriso
Cantarei para ti
Queres dançar comigo debaixo das estrelas?
És sorriso aberto, olhos redondos
Sabes ser sorriso ousado
As tuas emoções brilham nos olhos
É a tua felicidade que me contagia
A tua boca diz palavras bonitas
Mas o teu sorriso, encanta
Quando sorris, os teus olhos acompanham
Caminha lentamente, se tiver de ser
Mas por favor: não pares.
Conquistas com um simples sorriso
E vens na minha direcção
Abro os braços para ti
Abraço-te até ser dia.
És flor, és perfume.
Pétala a pétala, descubro o teu sorriso
Mulher ancorada
Solto as tuas amarras


Dou-te um sorriso
Devolves um beijo.

14-02-2017

João Pires



terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

tinta permanente - João Pires - "Ilumina-me"

Dá-me a tua mão!
Dou-te a minha mão!
Abraça-me até esborratar o batom
Até desaparecer o vermelho
Se eu conseguir beijar a tua alma
Então meu corpo seguirá o caminho!
Já esqueci as palavras perdidas no nevoeiro
De noite


Ilumina-me
Ilumina-me e abraço-te
Palavras perdidas em estrada de motel
O céu azul começa a despontar
Procurei a felicidade no dinheiro
Procurei a ambição do poder
Procurei emoção no prazer
Não encontrei alegria
Marquei encontro comigo mesmo, mais logo.
Afasto-me da estrada da solidão
Da minha solidão


Ilumina-me
Ilumina-me e eu abraço-te
Num aconchego doce
Beijo-te, já sem o vermelho do batom
Sonho
Caminho no sonho, sem luz

tinta permanente - João Pires - "Ilumina-me"
tinta permanente - João Pires - "Ilumina-me"



Ilumina-me
Vou para o sonho às escuras
Encontro-te por lá. No sonho
Abraço-te e beijas-me com tempo
Abraços e beijos
Danças comigo? Esta noite?
O sonho continua sem parar
Tenho quase a certeza que pertenço ao sonho de onde vim!
O sol já mergulha no mar
Abraça-me e ilumino-te


Iluminas-me com o teu sorriso
Ilumino-te com o meu abraço
Abraços de luz
Beijos, abraços e carinhos
Será sonho?
Dá-me a tua mão!




07-02-2017

João Pires